Todos nós gostamos de tomar uma boa cerveja, e frequentemente este é o assunto da roda na mesa de bar. Mas o que é cerveja? O que exatamente caracteriza o precioso líquido? Uma bebida levemente alcoólica, amarelo-ouro de sabor amargo, gasosa e servida extremamente gelada?

O que é cerveja?

Poderia ser uma descrição coerente, mas sabemos que a nossa velha amiga, com mais de 6.000 anos de idade, tem muitas outras qualidades e diversificações.

Existem ótimas cervejas com teor alcoólico entre 2 e 3% e cervejas com um teor alcoólico superior ao vinho (maior que 12%). Visualmente encontramos cervejas cristalinas, opacas e turvas, variando pelas cores dourada, vermelha, âmbar, marrom e preta. Podemos até citar algumas esquisitinhas verdes por aí. Quanto ao sabor, a diversidade é enorme: encontramos cervejas adocicadas com paladar de baunilha e cereja, cítricas como a laranja e até umas de perfil torrado como o café.

Servida extremamente gelada? Acreditem, a grande maioria consome assim porque foram condicionados a beber cerveja das grandes cervejarias, que popularizam seu produto para atingir um número maior de consumidores. Deixando-as, infelizmente, sem aroma e sem sabor. Ainda bem que hoje em dia podemos encontrar cervejas com aroma e sabor, nas melhores lojas, bares, restaurantes e até mesmo nos grandes mercados.

Mas afinal, o que é cerveja?

Bom, tecnicamente uma boa resposta para esta pergunta seria: “uma bebida de leve teor alcoólico, sendo o álcool obtido pela fermentação do amido sacarificado”.