Cerveja sempre foi chamada de cerveja, assim como qualquer outra bebida. Mas, atualmente, aparecem cada vez mais termos novos para defini-las, como cervejas populares e cervejas especiais. Quanto a isso, pode ficar tranqüilo! Nós esclarecemos para você algumas novidades desse universo

Até recentemente cerveja era cerveja. Hoje termos nunca vistos antes estão pipocando nos rótulos, nas mídias, nas prateleiras e nos anúncios. Quem pegou o “bonde andando” se surpreende em encontrar termos como cervejas especiais, cervejas artesanais, cervejas gourmet, cervejas premium e cervejas para massa. O mercado que antes era único, agora está todo segmentado e visando públicos distintos – ainda bem!

E o por quê disso tudo? É aquela velha história: as pessoas estão procurando cada vez mais diversidade. Coisas que não estão acontecendo somente no universo da cerveja, mas também em outras áreas. E dentro da gastronomia isso acontece também com os queijos, café, azeites, vinagres e o já estabelecido vinho. Pensando em facilitar a sua vida e organizar toda essa bagunça, nós elaboramos algumas definições:

Cerveja Caseira (Home-Brew)

Cerveja elaborada pelos praticantes do home-brewing. Hobby em que o praticante faz a sua própria cerveja. Comunidade crescente no Brasil, muito difundida nos Estados Unidos e Canadá. Volta e meia estas comunidades promovem cursos e concursos para ensinar a fazer essas cervejas e a colocá-las a prova. Alguém pode comentar: “minha avó alemã faz cerveja em casa”. Pois é, agora essa prática tem um nome e está muito mais requintada.

Cerveja Artesanal

Muitas cervejarias, sejam elas micros ou grandes, querem tirar vantagem deste termo, chamando suas cervejas de artesanais. Mas basta pegarmos a definição de artesanal para compreendermos que é aquilo “feito á mão”. Portanto cervejas artesanais são cervejas que não estão em linha de produção em escala industrial. São produzidas em um volume limitado e sua distribuição é de abrangência restrita podendo vir a ser somente local.

Cerveja Especial ou Gourmet

Elaboradas tendo como foco a qualidade do produto. Normalmente seguindo métodos e reproduzindo estilos tradicionais. Focando na qualidade dos seus ingredientes e geralmente elaboradas sem adjuntos e aditivos químicos, como estabilizantes, corantes e aromatizantes. Proporcionando uma rica experiência gastronômica ao seu consumidor, em relação à coloração, aromas e sabores.

Cerveja Massificada ou Popular

Cervejas que oferecem pouco em suas propriedades organolépticas. Poucos aromas, coloração e sabores. Tá, mas para que alguém gostaria de produzir algo assim? – Nós apreciadores da verdadeira cerveja facilmente nos perguntamos – Porque um alimento, quanto menos gosto e sabor têm, é mais fácil de atingir um maior número de paladares. Portanto, estas cervejas, visam atingir o maior número de consumidores. Seu foco são as vendas.

Cerveja Premium

Uma cervejaria quer dar destaque em uma das suas cervejas, ou em algumas, classificando-as de Premium. Qual é a diferenciação desta cerveja em relação às demais de sua linha? A diferenciação pode vir na qualidade dos ingredientes e do processo de produção.