Similar Posts

16 Comments

  1. Daniel, o que seria exatamente o “não existe blend entre safras diferentes para essa cerveja, porém é
    feito blend entre barris da mesma safra com tamanhos diferentes, pois a
    espessura e tamanho de cada barril muda as características da cerveja,
    então é feito um blend entre a mesma safra para ter um sabor mais
    padronizado.”

    Poderias explicar melhor?

    Valeu e parabéns por mais este ótimo vídeo!

    1. Olá Xará, sempre há diferenças de lotes, safras e barricas, nas bebidas que tem maturação em madeira. E é uma pratica normal fazer a mistura entre barricas para padronizar o produto. Isso também rola no vinho e whiskey por exemplo. Dai vai de cada produtor definir a sua linha de produtos, ele pode fazer uma cerveja que é blend de diferentes lotes/safras, ou uma sem “blendagem”, ou ainda como nesse caso da Vichtenaar não fazer blend entre lotes mas fazer entre barris do mesmo lote. Com isso, só a partir dos blends ele consegue criar produtos distintos.
      Obrigado pela pergunta, grande abraço!

  2. Opa! td bem Daniel?

    mais um video de qualidade e trazendo novidades, show! Parabéns!

    Quanto a esse estilo conheço pouco, e provei pouco também, já bebi a Bacchus Kriek, ela se encaixa no estilo? Gostei dela, achei refrescante tb rs, não é meio estilo predileto, mas gostei.
    Acho que iam cair bem no calor que esta fazendo aquii no Rio, por causa da acidez;

    Abraços Mestre!

  3. Fala, Daniel. parabéns pelo vídeo. Dessas, só provei a Duchesse que achei excelente e tem rótulo lindo. já tomei a Baccus citada abaixo, também gostei. Gosto do estilo e também das lambic. Abraços

  4. Fiquei extremamente feliz com a chegada da Duchesse aqui por Curitiba. Provei ela faz bastante tempo, um amigo trouxe da Bélgica e a gente tomou em uma das brassagens.

    Tanto o estilo quanto o rótulo são meus estilo/cerveja prediletos, eu amo muito o poder das brettanomyces, sendo que o que eu mais aprecio em cervejas é justamente o azedume.

    Por consenso, e também por tentativa e erro, essa cerveja harmoniza bem com alimentos gordurosos limpos e finos, vai bem com peixes ricos em gordura como o atum, arenque, cavala, salmão, sardinha ou truta, além de claro com foie-gras … talvez fique perfeita como uma opção de recepção em um menu … um pedaço de brioche na manteiga com algum queijo bem cremoso (casa bem com acidez) e um pedacinho grelhado de foie-gras … outra opção, mas que deve ser testada é com peito de pato e algum molho mais ácido.

    Vou agilizar alguma coisa com ela e te mando.

  5. Olá Daniel,
    acabei de comprar uma Vichtenaar e gostaria de saber a diferença, se há, entre Flanders Red Ale e Flamish Ale..
    Os vídeos estão cada vez melhores!
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *